UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

09/09/2009 - 16h30

Demanda por crédito recua pela primeira vez em seis meses, diz Serasa

SÃO PAULO - A demanda do consumidor brasileiro por crédito recuou 0,3% em agosto, na comparação mensal, invertendo a tendência de crescimento verificada por seis meses consecutivos, segundo pesquisa divulgada hoje pela Serasa Experian. A última vez em que houve decréscimo do indicador Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito foi em fevereiro, quando registrou-se recuo de 10,5%. Em julho, foi verificado um aumento de 3,5% no índice. Ante agosto do ano passado, no entanto, houve um aumento de 4,2% na demanda do consumidor por crédito junto aos bancos, financeiras e cartões de crédito. "O recuo de 0,3% em agosto não foi suficiente para diminuir a taxa de expansão anual da demanda do consumidor por crédito", afirmou a instituição em nota. De acordo com o levantamento, a queda mensal da demanda foi resultado principalmente da menor procura por parte da camada de menor renda do país. Em agosto, os consumidores com rendimento mensal até R$ 500,00 demandaram 1,9% menos crédito, enquanto para os que ganham entre R$ 500,00 e R$ 1.000,00 por mês, a procura por crédito caiu 1,2%. Na camada mais alta - cuja renda fica entre R$ 1.000,00 e R$ 2.000,00 -, a procura por crédito recuou 0,1%. Na análise por região, o Norte e Nordeste foram as localidades que puxaram para baixo o indicador, com queda de 13,6% e 3,8%, respectivamente. No Sul, foi registrada a maior alta na demanda por crédito no período, de 4,7%. A Serasa informou ainda que, no acumulado do ano, houve uma diminuição de 4,1% na demanda dos consumidores por crédito, "melhorando em relação à queda de 5,3% no acumulado dos primeiros sete meses de 2009".

(Vanessa Dezem | Valor Online)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host