UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

14/09/2009 - 14h10

Bolsas de Frankfurt e Paris fecham em queda; Londres termina no azul

SÃO PAULO - A maioria das bolsas europeias fechou o pregão desta segunda-feira com ligeira baixa, pressionadas por ajustes em papéis do setor bancário. O DAX, de Frankfurt, caiu 0,07%, para 5.620 pontos. Em Paris, o CAC 40 cedeu 0,11%, para 3.730.

Já em Londres, o mercado acionário conseguiu reagir na hora final de negociações e fechar em tom positivo. O FTSE-100 encerrou aos 5.018 pontos, com valorização de 0,15%. O destaque na bolsa londrina veio das ações da Unilever, que subiram 1,5,% e da BAE System, fabricante de armamentos, que viu suas ações subirem 2,1%. Isso compensou perdas importantes de papéis como os da mineradora BHP, que cederam 1%. O comportamento negativo de ações do setor bancário e de commodities, no entanto, acabou prejudicando outros índices, que vinham de uma semana inteira de valorização acumulada. Em Paris, os papéis do BNP Paribas caíram 1,59% e os do Societe Generale declinaram 2,36%. O alemão Deutsche Bank viu suas ações perderem 0,93% em Frankfurt. Os mercados tiveram um aumento de tensão por conta da disputa comercial entre China e Estados Unidos. Pequim recorreu hoje à Organização Mundial do Comércio (OMC) contra a imposição de Washington de uma tarifa de 35% na importação de pneus chineses.

Além disso, ontem o país anunciou abertura de investigações que poderão levar a barreiras contra a indústria automobilística e a de frango dos EUA.

Adicionalmente, dados divulgados hoje mostram que o número de pessoas empregadas nos países da zona do euro recuou 0,5%, o equivalente a 702 mil pessoas, no segundo trimestre, ante os três primeiros meses do ano, quando a baixa havia sido de 0,7%.

(Valor Online, com agências Internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host