UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

14/09/2009 - 10h36

Ibovespa registra queda no pregão, após três altas seguidas

SÃO PAULO - O Ibovespa opera na mesma trajetória das bolsas americanas no pregão desta terça-feira e apresenta queda, após três altas consecutivas. Por volta das 11h10, o principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) recuava 0,49%, para 67.693 pontos, e girava R$ 1,168 bilhão. Na BM&F, o índice futuro, com vencimento em outubro cedia 0,50%, para 68.215 pontos.

Ontem, o Ibovespa teve alta de 1,83%, aos 68.030 pontos.

Em Wall Street, as bolsas também abriram o pregão em queda, depois de quatro altas seguidas. Instantes atrás, o Dow Jones cedia 0,16%, o Nasdaq perdia 0,19% e o S&P 500 tinha baixa de 0,24%.

Apesar de o setor varejista americano ter apresentado um bom desempenho em agosto, os investidores mostram preocupação com as notícias vindas da Europa. A produção industrial ficou estagnada tanto na zona do euro como na União Europeia entre junho e julho. Em junho, houve queda de 0,2% na atividade fabril na região da moeda comum, mas elevação de 0,1% no bloco europeu. Além disso, o indicador de sentimento econômico para a Alemanha do instituto ZEW veio bem pior que o esperado, ao marcar -4,3 em setembro, após os 14 um mês antes. Já no front americano, o Departamento do Comércio mostrou que as vendas no varejo subiram 0,4% em agosto, na comparação com um mês antes, e tiveram elevação de 3,6% em relação ao oitavo mês de 2009. No mercado corporativo local, a queda das "blue chips" também pressionava o Ibovespa para baixo. Há pouco, as ações da Petrobras lideravam as perdas do índice. Enquanto os papéis ON da estatal cediam 2,90%, a R$ 30,74, as ações PN recuavam 1,94%, a R$ 27,75. Além disso, as ações PNA da Vale também operavam com queda de 0,89%, a R$ 42,16. Os investidores interessados na oferta prioritária da Petrobras têm até hoje para comprar o papel, já que a segunda conferência de posição será feita na próxima sexta-feira. Como a liquidação é de "D+3", o papel precisava ser adquirido até esta terça-feira para estar sob custódia no dia 17. De toda forma, vale lembrar que os investidores já precisavam ter ações da Petrobras sob custódia na primeira data de corte, correspondente ao dia 10 de setembro, para atuar na oferta prioritária. O preço por ação emitida no processo de capitalização da Petrobras deve ser fixado em 23 de setembro, quando será encerrado o processo de coleta de intenções de investimento (bookbuilding). A previsão é de que o início das negociações na Bovespa ocorra em 27 de setembro. Ainda entre as maiores baixas do Ibovespa figuravam as ações PN da Gerdau (-1,60%, a R$ 24,50) e ON da LLX Logística (-5,14%, a R$ 9,58). Já as principais altas do índice partiam de MMX ON (2,13%, a R$ 13,42), Brookfield ON (1,62%, a R$ 9,36) e Redecard ON (1,45%, a R$ 25,78).

Ontem, foi anunciada a negociação paraa a venda de 11% da empresa de mineração MMX para o conglomerado coreano SK Networks por US$ 700 milhões. A entrada da empresa estrangeira na MMX se dará via aumento de capital de US$ 2,2 bilhões, no qual o controlador da mineradora vai abrir mão de seu direito de preferência para dar espaço para a coreana entrar na composição acionária da companhia. O preço por ação da OPA será de R$ 13,963 e todos os acionistas da MMX terão direito a acompanhar o aumento de capital. Se isso acontecer, a composição acionária da MMX passa a ser de 35% da EBX, mais 20% da chinesa Wuhan, 11% da coreana SK e 34% em circulação.

O dinheiro arrebanhado no aumento de capital vai ser usado para a MMX comprar o Superporto Sudeste da LLX Logística, abrigado na LLX Sudeste, da qual a LLX tem 70% e a Centennial, empresa de Batista, outros 30%. Será feita uma cisão parcial dos ativos da LLX com a MMX incorporando a LLX Sudeste, que passará a se chamar PortX. O acionista da LLX Logística vai receber nessa transação uma ação da PortX e continuar com as ações da LLX Logística negociadas no mercado. A composição acionária do PortX, cujo único ativo será o superporto Sudeste, será basicamente 68% de Batista e 32% em circulação com minoritários.

(Beatriz Cutait | Valor)
Hospedagem: UOL Host