UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

15/09/2009 - 07h43

Marfrig compra Seara por US$ 900 milhões

SÃO PAULO - A Marfrig vai desembolsar US$ 706,2 milhões em dinheiro e assumir US$ 193,8 milhões em dívida para comprar os ativos da Seara, controlada pela americana Cargill, no Brasil e no exterior. O negócio envolve as áreas de aves, suínos e produtos industrializados, que tem faturamento líquido anual de US$ 1,7 bilhão, além dos direitos de exploração da marca Seara.

A transação coloca a Marfrig, que até pouco tempo atrás era concentrada no segmento de bovinos, como principal concorrente da BRF - Brasil Foods, empresa que nasceu da aliança entre Sadia e Perdigão. "A Marfrig expandirá seu potencial com alimentos processados no Brasil, firmando-se como o segundo maior player no mercado interno e de exportação de aves e suínos e uma dos maiores do mundo", diz a empresa no Fato Relevante divulgado na noite de ontem no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A Marfrig atua em aves desde o ano passado, quando comprou as operações da americana OSI no Brasil e na Europa, além da DaGranja.

Conforme o comunicado da companhia, foi feita uma reserva de crédito de longo prazo de R$ 1,3 bilhão com o banco Bradesco, a fim de garantir o compromisso firmado com a Cargill, que tem caráter irrevogável.

Ainda segundo o documento, "o financiamento da aquisição poderá envolver aumento de capital da Marfrig através de oferta primária de ações".

O negócio fechado entre a Mafrig e a Cargill compreende sete unidades industriais de aves com a capacidade de abate de 1,2 milhão de aves/dia e duas unidades de suínos com a capacidade de 5,8 mil cabeças/dia.

Entram no acordo ainda três plantas de alimentos industrializados e processados, com capacidade de produção de 17,5 mil toneladas/mês e um terminal portuário privativo para cargas frigoríficas e cargas secas, localizado em Itajaí (SC).

Nove fábricas de razão localizadas nos estados de Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul também fazem parte do negócio. Seis granjas de matrizes de aves, distribuídas pelo mesmos estados, também foram compradas. Essas granjas possuem cerca de 3 mil produtores integrados de aves e suínos.

A expectativa da Marfrig é de que a aquisição seja concluída no quarto trimestre deste ano.

(Valor Online)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host