UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

17/09/2009 - 14h33

Brasil sobe 4 posições em ranking de investimento direto estrangeiro

SÃO PAULO - O Brasil avançou quatro posições no ranking global dos países que receberam mais investimento direto estrangeiro (IDE) em 2008, passando da 14ª para a 10ª colocação. Tomando os países emergentes por comparação, o Brasil manteve a quarta colocação, ficando atrás de China, Rússia e Hong Kong, mas à frente da Índia.

Levando em conta todos os países do ranking, o Brasil ficou em melhor posição que Canadá, Suécia, Alemanha e Japão.

O levantamento foi feito pela Conferência das Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento (Unctad, na sigla em inglês), e divulgado hoje pela Sociedade Brasileira e Estudos Transnacionais e de Globalização Econômica (Sobeet).

O Brasil recebeu o montante de US$ 45,1 bilhões em investimentos direito estrangeiro em 2008, o que representa um aumento de 30% em relação ao total recebido em 2007, de US$ 34,6 bilhões.

Líder do ranking no ano passado, os Estados Unidos receberam US$ 316,1 bilhões em IDE em 2008. Na segunda posição, a China recebeu US$ 108,3 bilhões em investimentos.

Em termos globais, o fluxo de investimento direto estrangeiro caiu 14% no ano passado, tendo somado US$ 1,697 trilhão, o que representa US$ 281,5 bilhões a menos que o verificado em 2007.

A participação do Brasil nos investimentos estrangeiros teve aumento de 1 ponto percentual, passando de 1,7% do total em 2007 para 2,7% em 2008. (Bianca Ribeiro | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host