UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

17/09/2009 - 10h05

FedEx confirma queda de 53% no lucro trimestral

SÃO PAULO - A empresa de entrega de encomendas FedEx confirmou hoje ter fechado o seu primeiro trimestre fiscal com lucro líquido de US$ 181 milhões (US$ 0,58 por ação). O montante representa uma queda de 53% em relação aos US$ 384 milhões apurados em igual período do exercício anterior.

Na semana passada, a companhia já havia anunciado que o lucro dos três meses até agosto ficaria em US$ 0,58 por ação. Na ocasião, as ações subiram, porque esse resultado é melhor do que a previsão anterior da FedEx, que era de fechar o período com ganho entre US$ 0,30 e US$ 0,45 por ação. Segundo a empresa, o volume melhor do que o previsto no segmento internacional, gastos menores com combustíveis e controle de custos proporcionaram o resultado acima do projetado.

Ainda assim, a FedEx reitera que a crise global afetou sua receita e lucratividade. O faturamento caiu 20% perante o ano passado, para US$ 8,01 bilhões. O lucro operacional baixou 50%, para US$ 315 milhões e a margem de lucro operacional declinou dos 6,3% vistos no trimestre abril-junho de 2008 para 3,9%. A transportadora espera lucro por ação de US$ 0,65 a US$ 0,95 no segundo trimestre fiscal. A FedEx também anunciou hoje um aumento médio de 5,9% nas tarifas de remessas expressas nos serviços domésticos e de exportação dos Estados Unidos, válido a partir de 4 de janeiro de 2010. Esse reajuste será parcialmente compensado pela cobrança de menores taxas extras de combustível.

(Valor Online)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host