UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

18/09/2009 - 17h14

Dólar tem leve alta, mas perde 0,99% na semana

SÃO PAULO - Conforme jargão de mercado o dólar andou de lado ante o real durante todo o pregão desta sexta-feira. Segundo o diretor de câmbio do Banco Paulista, Tarcísio Rodrigues, a agenda vazia afastou os agentes do mercado, algo que pode ser verificado pelo baixo volume e pouca oscilação de preço no dia.

Entre a mínima e a máxima, a divisa oscilou apenas R$ 0,012, até encerrar com leve alta de 0,11%, a R$ 1,807 na compra e R$ 1,809 na venda. Na semana, a moeda caiu 0,99%, e já acumula desvalorização de 4,29% no mês.

Na roda de "pronto" da Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F), a divisa tomou rumo diferente e caiu 0,15%, para fechar a R$ 1,8058. O volume seguiu bastante reduzido, somando US$ 38,75 milhões, novamente um dos menores do ano. No interbancário, os negócios somaram US$ 1,9 bilhão. Deixando o pregão de hoje de lado, Rodrigues avalia que o mercado trava uma queda de braço com Banco Central na casa de R$ 1,80. Os agentes tentam saber como a autoridade monetária pode reagir se o piso for rompido.

Na visão do diretor, não há muito mais o que fazer, pois não há como lutar contra o fluxo de recursos que ingressa no país. Ainda de acordo com Rodrigues, ainda mais importante que o ingresso efetivo é a expectativa de entrada.

Nesse ponto, o especialista cita as ofertas de ações que devem acontecer até o final do ano, a emissão de dívida pelas empresas brasileiras e o maior investimento estrangeiro direto.

Por essa razão, a tendência para a taxa continua sendo de baixa. "Não tenho dúvida, o gráfico aponta para baixo." (Eduardo Campos | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host