UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

18/09/2009 - 12h15

Reino Unido pode sair da recessão em 6 meses, mas desemprego continua

SÃO PAULO - A economia britânica deverá voltar a crescer dentro dos próximos seis a nove meses. A afirmação foi feita pelo integrante do Comitê de Política Monetária do Banco da Inglaterra, David Miles, em entrevista publicada hoje no Jornal The Independent.

"Nós teremos brevemente dois trimestres de crescimentos muito pequenos no PIB (Produto Interno Bruto). Se você considera a definição técnica, nós talvez estejamos fora da recessão em seis ou nove meses", afirmou. Para a autoridade, no entanto, a diferença entre essa recuperação e a recessão não poderá ser notada na vida das pessoas. "Este será um período prolongado de uma volta a um nível mais normal de atividade", disse na entrevista.

Mesmo no caminho de uma retomada, o mercado de trabalho ainda levará um tempo até sentir os impactos positivos, segundo Miles. "É provável, infelizmente, que o desemprego continue a crescer por alguns meses ainda", previu. (Vanessa Dezem | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host