UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

21/09/2009 - 09h44

Previsão de inflação fica praticamente estável em pesquisa do BC

SÃO PAULO - Os analistas de mercado mantiveram praticamente estáveis suas previsões de inflação para este e o próximo ano. A projeção para o IPCA - índice que baliza o regime de metas do governo - de 2009 teve uma alta marginal, de 4,30% para 4,31%. Para 2010, a mediana das expectativas dos consultados passou de 4,35% na semana retrasada para 4,30% na semana passada. Ambos os números estão abaixo do centro da meta estabelecida pelo governo, de 4,5%. Vale lembrar que a previsão do IPCA para 2009 ficou quase estável, mesmo com a melhora da perspectiva para o Produto Interno Bruto (PIB), de retração de 0,15% para crescimento zero.

Os dados constam do Boletim Focus, levantamento semanal realizado pelo Banco Central (BC) junto a cerca de cem instituições financeiras. De acordo com o boletim divulgado hoje, os analistas esperam queda de 0,20% no IGP-DI de 2009, depois de uma estimativa de baixa de 0,26% feita na semana retrasada. No IGP-M, a estimativa passou de deflação de 0,64% para 0,61%. No IPC-Fipe, a previsão foi de 4,21% para 4,20% no acumulado deste ano.

Em 2010, o mercado aguarda variação de 4,5% no IGP-M e no IGP-DI, e inflação de 4,45% pelo IPC da Fipe, mesmas projeções da semana anterior.

Para setembro, os agentes elevaram ligeiramente as projeções. No IPCA, de 0,24% para 0,25%. No IGP-DI, de 0,25% para 0,27%. No IGP-M, de 0,30% para 0,31%. No IPC-Fipe, a estimativa ficou estável em 0,30%.

(Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host