UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

23/09/2009 - 10h37

Bovespa e dólar operam estáveis

SÃO PAULO - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) começa a quarta-feira brigando por direção. Tentando defender o viés comprador da abertura, por volta das 10h30 o Ibovespa apontava leve alta de 0,03%, para 61.512 pontos, com giro financeiro em R$ 434 bilhões. Em Wall Street, o dia começa com leve valorização, mas a cautela prevalece. Há pouco, Dow Jones ganhava 0,05%, enquanto o Nasdaq aumentava 0,23%.

O agentes aguardam o desfecho da reunião do Federal Reserve (Fed), banco central americano. Mais importantes que a definição dos juros são os comentários do colegiado sobre inflação e atividade. Atenção, também, para algum aceno quanto ao fim das medidas de estímulo.

No mercado de câmbio, os vendedores se recolheram depois de levar o dólar comercial a testar nova mínima para o ano, a R$ 1,792. Há pouco, a moeda operava estável, a R$ 1,798 na venda.

De volta ao Ibovespa, repetindo o observado nos últimos dias, os carros-chefes dão sustentação ao índice. O papel PN da Petrobras subia 0,28%, a R$ 34,93. Já a ação PNA da Vale ganhava 0,08%, a R$ 37,04. Ainda no segmento de matérias-primas, Aracruz PNB apontava alta de 3,97%, a R$ 4,19, e MMX Miner ON avançava 0,28%, a R$ 10,63. Variação negativa para as siderúrgicas. Gerdau PN recuava 0,20%, a R$ 24,65, e CSN ON desvalorizava 0,42%, a R$ 54,52.

Ainda na ponta vendedora, Telemar ON recuava 1,80%, a R$ 40,26, Sabesp PN perdia 1,63%, a R$ 34,80, e Redecard PN caía 1,43%, a R$ 28,19.

(Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host