UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

24/09/2009 - 16h42

Bolsa cai 0,87% no dia, mas sobe 1,65% na semana; giro soma R$ 11 bi

SÃO PAULO - Após duas altas seguidas, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) encerrou o pregão desta sexta-feira em baixa, pressionada principalmente pelos papéis da Petrobras. Na semana, entretanto, o índice sustentou a quarta valorização consecutiva.

Dados preliminares mostram que, com mínima de 68.021 pontos e máxima de 69.571 pontos, o Ibovespa caiu 0,87%, aos 68.196 pontos. O giro financeiro atingiu R$ 11,038 bilhões, o maior valor desde o dia 15 de agosto de 2007 (R$ 18,4 bilhões).

O Ibovespa acumulou ganhos de 1,65% pela quarta semana seguida, na maior sequência positiva desde novembro de 2009. No mês, o índice registra valorização de 4,68%.

Entre os ativos de maior peso sobre o Ibovespa, Vale PN subiu 2,83% hoje, a R$ 44,66; Petrobras PN caiu 1,86%, a R$ 26,30; Itaú Unibanco PN teve queda de 0,77%, a R$ 38,65; BM&FBovespa ON teve desvalorização de 4,76%, a R$ 14,19; e OGX Petróleo ON perdeu 1,26%, a R$ 20,34.

No mercado americano, as bolsas fecharam a jornada com forte alta. O índice Dow Jones subiu 1,86%, aos 10.860,26 pontos, o Nasdaq registrou valorização de 2,33%, aos 2.381,22 pontos, e o S&P 500 avançou 2,12%, para 1.148,67 pontos.
Na semana, o Dow Jones teve apreciação de 2,38%, o Nasdaq registrou ganhos de 2,83% e o S&P 500 subiu 2,05%.

(Beatriz Cutait | Valor)
Hospedagem: UOL Host