UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

24/09/2009 - 09h37

IPCA-15 cai para 0,19% em setembro, mostra IBGE

RIO - O Índice de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) teve pequena desaceleração em setembro, marcando inflação de 0,19% - dentro das expectativas de analistas financeiros. Em agosto, o indicador havia subido 0,23%. Pelos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em setembro de 2008, o indicador aumentou 0,26%.

O IPCA-E do trimestre, formado pelos índices de julho, agosto e setembro, ficou em 0,64%, metade da variação do terceiro trimestre de 2008 (1,24%).

No acumulado do ano, o IPCA-15 tem elevação de 3,15%. Em igual intervalo do exercício passado, tinha registrado expansão de 4,96%. Nos 12 meses até setembro, a taxa ficou em 4,27%.
Os grupos Alimentação e Bebidas (alta de 0,13%) e Vestuário (0,31%) aumentaram as taxas de variação. Por outro lado, Habitação (0,44%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,26%) e Despesas Pessoais (0,30%) desaceleraram o ritmo e ajudaram o índice geral a ficar abaixo do de agosto. " O destaque ficou com os Artigos de Residência (de 0,53% para -0,22%) tendo em vista, principalmente, a redução nos preços dos eletrodomésticos (de 0,32% para -1,01%) e dos artigos de TV, Som e Informática (de 0,64% para -0,74%) " , diz relatório do IBGE.

O IPCA-15 refere-se a famílias com rendimento de um a 40 salários mínimos e abrange as regiões metropolitanas do Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo
Horizonte, Recife, São Paulo, Belém, Fortaleza, Salvador e Curitiba, além de Brasília e Goiânia.

Entre os índices regionais, o maior foi verificado em Salvador (avanço de 0,66%, puxado pelos alimentos). A taxa mais baixa ficou com Porto Alegre, com deflação de 0,09% favorecida pela queda de preços dos combustíveis.

O IPCA-15 é uma prévia para o resultado do IPCA, índice escolhido pelo governo para balizar o regime de metas de inflação. O cálculo dos dois indicadores é baseado na mesma metodologia. A diferença ocorre apenas nos períodos de coleta de preços.

Para o cálculo do IPCA-15, os preços foram coletados de 14 de agosto a 14 de setembro e comparados com os vigentes de 15 de julho a 13 de agosto.

(Paula Cleto | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host