UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

28/09/2009 - 13h52

Bolsas europeias retomam alta por notícias de fusões e aquisições

SÃO PAULO - Notícias envolvendo fusões e aquisições deram novo impulso para as bolsas europeias e o pregão foi de ganhos relevantes. Notícias envolvendo intenções de compra por parte Xerox e também da Abbott movimentaram os negócios.

O FTSE-100, de Londres, fechou com alta de 1,70%, aos 5.165 pontos. Em Frankfurt, o DAX ganhou 2,78% e fechou aos 5.736 pontos. O CAC 40, de Paris, encerrou aos 3.825 pontos, com valorização de 2,30%.

A Abbott afirmou que pretende comprar a unidade de farmacêuticos da belga Solvay em um negócio de US$ 6,6 bilhões. As ações da Abbott fecharam com baixa de 0,38% na bolsa alemã e as da Solvay subiram 7,07%. Ao mesmo tempo a Johnson & Johnson comprou uma fatia de 18% na empresa alemã de biotecnologia Crucell por US$ 444 milhões. As ações da companhia alemã subiram 8,03% Notícias não confirmadas oficialmente de que a AstraZeneca estaria interessada em comprar parte da Novartis também mereceram atenção dos agentes. As ações da primeira subiram 2,99% em Londres e as da Novartis tiveram ganho de 0,89% na bolsa suíça.

Em outra área, a Xerox afirmou que planeja comprar a Affiliated Computer Services em uma negociação de US$ 6,4 bilhões envolvendo dinheiro e ações. As ações da Xerox caíram 16,28% em Frankfurt. Os agentes entendem o movimento de fusões e aquisições como a retomada da confiança das empresas e da normalidade econômica, o que melhora as perspectivas dos investidores.

A recuperação de ações do setor bancário também contribuiu para o tom positivo da jornada. As ações do Barclays subiram 1,57%, as do Commerzbank ganharam 4,63% e as do Societe Generale avançaram 4,66%.

(Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host