UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

01/10/2009 - 14h15

Bolsas europeias fecham em baixa com dados negativos

SÃO PAULO - As bolsas de valores da Europa fecharam em baixa neste primeiro dia do quarto trimestre, diante de dados econômicos desapontadores tanto no Velho Continente quanto nos Estados Unidos.

Em Londres, o FTSE-100 teve baixa de 1,68% e encerrou aos 5.047,81 pontos. O CAC-40, de Paris, perdeu 1,97%, e fechou a 3.720,77 pontos. O DAX, de Frankfurt, recuou 2,13%, para 5.554,55 pontos.

Pela manhã, o Departamento de Comércio divulgou os novos pedidos de seguro-desemprego, que apresentaram a primeira alta em quatro semanas. Os pedidos somaram 551 mil na semana terminada em 26 de setembro, um crescimento de 17 mil perante a semana anterior, quando o número de pedidos somou 534 mil (dados revisados).

Na Europa, o mercado de trabalho também preocupa. Segundo a Eurostat, a taxa de desemprego média nos 16 países da zona do euro alcançou 9,6% em agosto, o maior patamar desde março de 1999. A porcentagem veio maior do que a verificada em julho, quando o desemprego na região atingiu 9,5%.
Os investidores receberam ainda os dados sobre as vendas no varejo da Alemanha, que apresentaram recuo de 1,5%, em termos reais, em agosto, ante o mês anterior. Em julho, o indicador tinha avançado 0,7% na mesma base de comparação.
No âmbito corporativo, um dos destaques desta sessão ficou por conta da seguradora Legal & General, companhia britânica de seguros de vida. As ações da seguradora chegaram a subir forte em Londres, diante de expectativas do mercado com relação a uma oferta hostil pela companhia, mas acabaram fechando com alta de apenas 0,2%.

Ainda por conta do movimento de fusões e aquisições, as ações da norueguesa Tandberg saltaram 11% após a Cisco Systems informar ter fechado acordo para comprar a companhia, da área de tecnologia de comunicação e vídeo, por US$ 3 bilhões.

(Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host