UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

01/10/2009 - 12h15

Taxa de desemprego continua a avançar na zona do euro, diz Eurostat

SÃO PAULO - A taxa de desemprego média nos 16 países da zona do euro alcançou 9,6% em agosto, porcentagem maior do que a verificada em julho, quando o desemprego na região atingiu 9,5%. Os dados foram revelados hoje pela agência de estatísticas Eurostat e mostram que o patamar de agosto é o maior desde março de 1999.

Nas 27 nações componentes da União Europeia (UE), a taxa ficou em 9,1%, também com alta ante os 9,0% verificados no mês anterior. A Eurostat calcula que 21,8 milhões pessoas estavam sem emprego no bloco europeu em agosto. Segundo o levantamento, na passagem do mês, 236 mil vagas foram perdidas na UE e 165 mil na zona do euro. A pesquisa mostra que, dentre os países pesquisados, a Espanha continua a liderar, com a maior taxa de desemprego no período, passando de 18,5% em junho, para 18,9%. Na Letônia, o mercado de trabalho também piorou e a taxa saiu de 17,6% para 18,3%. Por outro lado, as menores taxas de desemprego do período foram registradas na Holanda (3,5%) e na Áustria (4,7%). (Vanessa Dezem | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host