UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

02/10/2009 - 14h15

Bovespa firma alta; escolha do Rio para Olimpíada ajuda

SÃO PAULO - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) deixa para trás a instabilidade do começo do pregão e firma posição em terreno positivo, tentando reconquistar os 61 mil pontos. Por volta das 14h10, o Ibovespa registrava alta de 0,80%, aos 60.944 pontos. Chama atenção o elevado volume financeiro de R$ 4,6 bilhões, evidenciando a presença de investidores estrangeiros. Em Wall Street, os índices seguem em baixa, mas longe das mínimas do dia registradas depois que o Departamento de Trabalho mostrou o fechamento de 263 mil postos de trabalho no mês de setembro, resultado pioro do que o esperado. Há pouco, o Dow Jones perdia 0,07%, enquanto o Nasdaq marcava estabilidade.

Um ponto inusitado também contribui para parte dos ganhos do dia. A escolha do Rio Janeiro para sede das Olimpíadas em 2016 dá força a alguns setores como aéreas e siderúrgicas. O mercado já antevê os investimentos e os possíveis ganhos das empresas. Soma-se a isso o fato de o país já ser sede da Copa do Mundo de 2014. " É claro que tudo isso vai demorar pra ser revertido em resultado e rentabilidade para as empresas. Mas é óbvio que o contexto geral é muito positivo. O Brasil tem estado no centro das atenções pelo comportamento pós-crise e robustez da economia doméstica. O país, sem dúvida, está num ciclo virtuoso " , disse agente de mercado que preferiu não se identificar.

Dentro do Ibovespa, o setor aéreo lidera os ganhos. Tam PN subia 4,17%, a R$ 23,96, e Gol PN aumentava 3,59%, a R$ 18,44. Entre as siderúrgicas, Gerdau PN ganhava 3,28%, a R$ 23,87, e Usiminas PNA tinha acréscimo de 1,96%, a R$ 46,74. Entre os carros-chefe, Vale PNA tinha acréscimo de 1,40%, a R$ 36,17, mas Petrobras PN caía 0,41%, a R$ 33,91. Os bancos seguem atraindo compradores, conforme a oferta do Santander melhora a avaliação do setor. Itaú Unibanco PN avançava 0,44%, a R$ 36,01, com o terceiro maior volume do pregão. Bradesco PN ganhava 1,22%, a R$ 35,44, mas Bando do Brasil ON perdia 0,75%, a R$ 30,42. Fora da retomada, Rossi ON caía 1,65%, a R$ 13,08. O papal se ajusta o preço de emissão das novas ações na oferta primária da companhia, que foi fixado em R$ 12,50. Os novos ativos começam a ser negociados na segunda-feira. Ainda na ponta vendedora, BRF Foods ON recuava 1,55%, a R$ 45,52.

No câmbio, as vendas se intensificaram conforme a bolsa firmou alta. Depois de bater R$ 1,808 pela manhã, há pouco, o dólar comercial valia R$ 1,780 na venda, queda de 0,44%.

(Eduardo Campos | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host