UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

02/10/2009 - 10h41

Depois dos dados de desemprego nos EUA, bolsas da Europa perdem

SÃO PAULO - As bolsas de valores da Europa operam em baixa nesta sexta-feira, como resposta dos investidores à situação ainda grave do mercado de trabalho dos EUA. Há pouco, o Departamento do Trabalho dos EUA anunciou que a economia americana continua fechando postos de trabalho - em setembro, houve um corte de 263 mil vagas. O número foi pior do que o esperado pelos analistas de mercado, cujas estimativas oscilavam entre o fechamento de 175 mil a 225 mil postos de trabalho.

No âmbito corporativo, guiam as baixas dessa sessão as companhias mineradoras. A notícia de que as autoridades britânicas determinaram que a Xstrata formalize sua oferta pela concorrente Anglo American até 20 de outubro ou desista do negócio, influenciou as negociações. O mercado espera que a Xstrata desista da aquisição. Ainda no Reino Unido, os agentes conheceram dados sobre o setor imobiliário. Os preços das casas na região avançaram 0,9% em setembro, a quinta alta mensal do indicador.

Em Londres, o FTSE-100 há minutos operava com recuo de 1,55%, aos 4.969,49 pontos. Em Paris, o CAC-40 perdia 2,15%, aos 3.640,62 pontos. O DAX, de Frankfurt, recuava 1,74%, aos 5.458,05 pontos. (Vanessa Dezem | Valor com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host