UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

02/10/2009 - 11h41

Lula diz que Jogos Olímpicos serão oportunidade única para o Brasil

BRASÍLIA - "Chegou a nossa hora", disse o presidente Luiz Inácio Lula da Silva hoje (2) em Copenhague, na Dinamarca, ao defender diante do Comitê Olímpico Internacional (COI) a candidatura do Rio de Janeiro para sediar as Jogos Olímpicos de 2016. No discurso, Lula também destacou o bom momento econômico do país, o aumento da autoestima que os jogos proporcionarão aos brasileiros e disse que a candidatura do Rio é também da América do Sul. "Chegou nossa hora. Chegou! Entre as dez maiores economias do mundo, o Brasil é o único país que não sediou os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos. Para os outros, será apenas mais uma Olimpíada. Para nós, será uma oportunidade sem igual. Aumentará a autoestima dos brasileiros, consolidará conquistas recentes, estimulará novos avanços", disse.

Na defesa do Rio, Lula disse que as Olimpíadas no Brasil corrigiriam um desequilíbrio, já que a América do Sul nunca sediou os Jogos Olímpicos. "Essa candidatura não é só nossa. É também de um continente com quase 400 milhões de homens e mulheres e cerca de 180 milhões de jovens. Um continente que nunca sediou os Jogos Olímpicos. Está na hora de corrigir esse desequilíbrio." Lula também afirmou que o Brasil vive um excelente momento com uma economia consolidada, que enfrentou sem sobressaltos a crise financeira mundial e que deu todas as garantias possíveis para a realização dos jogos. Ele lembrou que em 2007 os Jogos Pan-Americanos ocorreram no Rio de Janeiro e deixaram uma experiência para a organização das Olimpíadas. "O Rio está pronto. Os que nos derem esta chance não se arrependerão", disse o presidente Lula ao finalizar o discurso.

As outras cidades finalistas, Tóquio (Japão), Madri (Espanha) e Chicago (Estados Unidos) também apresentaram suas candidaturas ao COI. A resultado será divulgado ainda esta tarde.

(Agência Brasil )

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host