UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

02/10/2009 - 17h39

Olimpíada ajuda Bovespa a subir 1,18%

SÃO PAULO - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) superou a instabilidade externa e encerrou a sexta com valorização. Depois de oscilar mais de 1.600 pontos entre máxima e mínima, o Ibovespa fechou o dia com valorização de 1,18%, aos 61.171 pontos. Destaque para o giro financeiro de R$ 6,92 bilhões, o maior desde 16 de setembro para dias sem vencimento de opções e índice. Na semana, o índice ganhou 1,35%.

Um fato pontual contribuiu para os ganhos de hoje. O índice ganhou força conforme a cidade do Rio de Janeiro avançava na disputa pela sede da Olimpíadas de 2016. Coincidência ou não, o Ibovespa bateu a máxima do dia, aos 61.332 pontos, logo após a confirmação da vitória brasileira na votação.

Entre os ativos de maior peso na carteira, Petrobras PN subiu 0,32%, para R$ 34,16; Vale PNA avançou 2,55%, a R$ 36,58; Itaú Unibanco PN ganhou 0,41%, para R$ 36,00; BM & FBovespa ON fechou estável a R$ 12,88; e Bradesco PN teve valorização de 1,19%, a R$ 35,43.

Em Wall Street, o dia começou de forma bastante pessimista depois que o Departamento de Trabalho mostrou que 263 mil empregos foram perdidos no mês passado, montante superior ao esperado. No entanto, os agentes repensaram seu posicionamento, avaliando que um dado ruim não muda a perspectiva de recuperação da economia.

Ao final do pregão, o Dow Jones marcava leve baixa de 0,23%, para 9.487 pontos. O S & P 500 recuou 0,45%, para 1.025 pontos. Já o Nasdaq perdeu 0,46%, a 2.048 pontos. Na semana, Dow Jones e S & P 500 perderam 1,8%, cada, enquanto o Nasdaq caiu 2,1% (Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host