UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

02/10/2009 - 20h35

Rodada de negociação termina sem acordo e greve dos bancários continua

SÃO PAULO - Depois de mais uma rodada de negociação, os representantes dos bancários e dos banqueiros não chegaram a um acordo nesta sexta-feira para acabar com a greve no setor que completa nove dias. "Apresentamos à Fenaban os dados, as informações, os cálculos banco a banco por meios dos quais mostramos que dá pra distribuir mais PLR [participação nos lucros e resultados] aos bancários", disse o presidente do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, Luiz Cláudio Marcolino, e integrante do comando nacional do movimento que negocia com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). A Fenaban, em nota, disse que será necessário reduzir as diferenças entre as propostas para alcançar um acordo. "Após exaustivas discussões que se estenderam por quinta e sexta-feira, as posições ainda apresentavam diferenças que precisam ser reduzidas para se chegar a um acordo final, dado que as alterações indicadas pelos sindicatos não se adequam à fórmula de participação nos lucros e resultados construída em conjunto, em 2006, e vigente até agora", disse. (Agência Brasil)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host