UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

02/10/2009 - 12h42

Varejo é atendido integralmente na oferta da PDG Realty

SÃO PAULO - O pequeno investidor que participou da oferta de ações da PDG Realty teve seu pedido de reserva integralmente atendido. As novas ações chegam à Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) na segunda-feira, dia 5, e a liquidação financeira acontecerá dia 7. O procedimento de coleta de intenções de investimento, chamado de bookbuilding, fixou o preço por ação em R$ 14, valor 2,1% menor que o preço de fechamento de ontem da ação, de R$ 14,30.

A esse preço, a oferta primária de 56 milhões de ações, gerou R$ 784 milhões para o caixa da companhia, que se comprometeu a utilizar os recursos na compra de novos terrenos, além de investimentos em seu portfólio, construção de obras e capital de giro. Já está registrado na Comissão de Valores de Mobiliários (CVM) o exercício do lote adicional e suplementar. Com isso, a oferta ganhou uma vertente secundária, ou seja, um dos acionistas da PDG também vendeu suas ações.

No caso, o acionista vendedor é o UBS Pactual Desenvolvimento e Gestão I, que embolsará R$ 274,4 milhões, caso todas essas ações sejam vendidas. Vale lembrar que as ações do lote suplementar podem ser colocadas dentro de um prazo de 30 dias a contar no início da oferta.

Essa é a terceira vez que a PDG vende ações na Bovespa. A companhia chegou ao Novo Mercado em janeiro de 2007, com emissão primária e secundária de 46,313 milhões de ações, a R$ 14 cada. Já em novembro do mesmo ano, levantou outros R$ 575 milhões com uma oferta primária de 23 milhões de ações, a R$ 25 cada. (Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host