UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

05/10/2009 - 14h07

Executivo da France Telecom sai, depois de 24 suicídios na empresa

SÃO PAULO - A operadora francesa France Telecom anunciou hoje a saída de seu vice-presidente, Louis-Pierre Wenes, após uma onda de suicídios de trabalhadores verificada na empresa nos últimos meses.

O executivo será substituído por Stéphane Richard, ex-vice-presidente das operações internacionais, também cotado para assumir a liderança da empresa em 2011, no lugar do atual presidente-executivo Didier Lombard. Os sindicatos culpam a restruturação da companhia realizada por Wenes pelos 24 suicídios ocorridos no quadro de funcionários da France Telecom, em cerca de 20 meses. O plano de modernização envolveu mudanças nas funções dos trabalhadores dentro da empresa, além da cobrança de novas metas. A empresa, em contrapartida, afirma que esta taxa de suicídio não é incomum para uma companhia de seu porte.

(Vanessa Dezem | Valor com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host