UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

07/10/2009 - 13h35

AB InBev vende parques temáticos para Blackstone por US$ 2,7 bilhões

SÃO PAULO - Confirmando as notícias publicadas na edição online do Wall Street Journal na sexta-feira passada, a Anheuser Busch InBev (AB InBev) anunciou hoje que fechou acordo para vender os parques temáticos do grupo para a empresa de private equity Blackstone, por US$ 2,7 bilhões.

Do total envolvido na transação, US$ 2,3 bilhões serão pagos em dinheiro e outros US$ 400 milhões em direito de participação nos ganhos dos ativos vendidos limitados a este montante.

Pelos termos do acordo, a Blackstone vai comprar a subsidiária Busch Entertainment Corporation (BEC), que reúne dez parques de entretenimento, entre os quais três unidades do SeaWorld (na Flórida, Texas e Califórnia), e dois Busch Gardens (um na Flórida e outro em Virgínia). Segundo a AB InBev, os parques recebem cerca de 25 milhões de visitantes por ano.

A aquisição será financiada por meio de dívida e uma parte em mezanino (híbrido de capital e dívida). A parte sênior da dívida será financiada pelo Bank of America Merrill Lynch, Barclays, Deutsche Bank, Goldman Sachs e Mizuho. Entram na parcela de mezanino o Goldman Sachs Mezzanine Partners e fundos geridos pela GSO Capital Partners.

Ao comentar a transação, o brasileiro Carlos Brito, executivo-chefe da AB InBev, afirmou que os parques são um ativo de "alta performance, mas que não são o core business" da cervejaria.

A venda da subsidiária também faz parte do processo de desalavancagem da AB InBev, depois do empréstimo de US$ 45 bilhões tomado para aquisição da Anheuser Busch, no ano passado.

Quando tomou o empréstimo gigante, a empresa se comprometeu com os investidores a vender ativos no valor de US$ 7 bilhões, meta que se aproxima de ser alcançada. Desde então, a companhia se desfez de sua participação de 27% na chinesa Tsingtao por um total de US$ 902 milhões, alienou a sul-coreana Oriental Brewery por US$ 1,8 bilhão, vendeu uma fábrica de latas e tampas nos EUA por US$ 577 milhões e também ativos da área de cerveja na Irlanda, Escócia e Irlanda do Norte por 180 milhões de libras esterlinas.

(Fernando Torres | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host