UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

07/10/2009 - 10h21

Safra agrícola deve diminuir 8,1% em 2009, projeta IBGE

RIO - A safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas de 2009 deve somar 134,1 milhões de toneladas, conforme as projeções de setembro do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Assim, a produção será 8,1% menor em relação à colheita de 2008, que atingiu recorde de 146 milhões de toneladas. De acordo com o instituto, essa baixa reflete a menor previsão para as colheitas de soja (-5,1%) e milho (-13,4%). Em compensação, o IBGE aguarda crescimento de 4,2% na produção de arroz. Essas três culturas são as mais importantes no país, com 81,3% da área plantada. A previsão é de que a área total a ser colhida corresponda a 47,2 milhões de hectares.

Os dados fazem parte da nona estimativa da safra agrícola de 2009, que ficou 0,5% acima da feita em agosto, quando o instituto estimava uma produção de 133,5 milhões de toneladas. Segundo relatório do instituto, o pequeno aumento da expectativa se deveu a " reavaliações positivas ocorridas com o milho 2ª safra em Goiás " . Pela distribuição regional da produção prevista para a safra de 2009, o Sul aparece na liderança, com 53 milhões de toneladas. Na sequência, estão Centro-Oeste, com 48,8 milhões de toneladas, Sudeste, com 16,9 milhões de toneladas, e Nordeste, com 11,7 milhões de toneladas. O Norte deve colher 3,8 milhões de toneladas. O maior produtor de grãos do país é o estado do Mato Grosso.

Comparativamente à safra de 2008, o IBGE estima expansão na produção de 10 produtos, dentre 25 selecionados. Entre eles, destacam-se amendoim em casca 2ª safra (19,7%) e aveia em grão (15%).

Entre os 15 itens cuja colheita deve cair neste ano estão algodão herbáceo em caroço (-25,9%), milho em grão 1ª safra (-15,5%), café em grão (-13,8%), feijão em grão 3ª safra (-12,3%), e trigo em grão (-10,8%).

(Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host