UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

07/10/2009 - 11h01

Telefônica faz oferta para comprar GVT que pode atingir R$ 6,5 bilhões

SÃO PAULO - A Telefônica entrou na disputa pela GVT, empresa de telecomunicações que atua nas regiões Sul, Centro-Oeste, Sudeste e Nordeste. Sua subsidiária Telesp anunciou hoje que vai fazer uma oferta para adquirir até 100% das ações da GVT ao preço unitário de R$ 48, em dinheiro. Essa proposta avalia a companhia em cerca de R$ 6,5 bilhões. A oferta da Telefônica supera a proposta feita no começo de setembro pelo grupo francês Vivendi, que ofereceu R$ 42 por ação da operadora. Dessa forma, a Vivendi avaliou a totalidade das ações da GVT em R$ 5,4 bilhões ou 2 bilhões de euros. Assim como a Vivendi, a Telefônica estabeleceu como condições para fechar o negócio adquirir pelo menos 51% dos papéis, e a dispensa do cumprimento do artigo do estatuto da GVT que desincentiva ofertas de aquisição. Esse tipo de dispositivo é chamado de poison pill (pílula de veneno) no jargão do mercado. O negócio também está sujeito à aprovação da Anatel. Em nota a Telefônica justifica a iniciativa dizendo visar uma " presença ainda maior fora do Estado de São Paulo, o que contribuirá para ampliar sua base de usuários, além de fortalecer a concorrência no mercado brasileiro de telecomunicações " .

(Paula Cleto | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host