UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

07/10/2009 - 18h12

Varejista paulistano está confiante mas sustenta cautela com Natal

SÃO PAULO - O nível de confiança dos varejistas paulistanos para as vendas de Natal ainda se mostra reticente. Embora 33% dos comerciantes pretendam aumentar as encomendas para a data em relação a 2008, a maioria, ou 44%, deverá manter o mesmo nível de encomendas. Outros 24% pretendem reduzir as compras para o período.

O levantamento, feito pela Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomercio) com 300 empresas de comércio na cidade de São Paulo, mostra ainda que 39% dos entrevistados pretendem manter estoques maiores, enquanto 44% afirmam que os inventários terão o mesmo volume do Natal de 2008.

Do conjunto de respondentes, 65% afirmaram que pretendem operar com mercadorias voltadas para a classe C de consumo e 43% deverão focar a classe B. Outra fatia de 24% terá oferta voltada para as classes D e E. O plano de 64% dos varejistas é vender a prazo com parcelamentos de até três vezes sem juros.

(Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host