UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

08/10/2009 - 09h13

IPCA acelera e verifica inflação de 0,24% em setembro

RIO - O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) aumentou para 0,24% em setembro, seguindo alta de 0,15% um mês antes. O resultado, porém, ficou um pouco abaixo daquele apurado em setembro de 2008, de 0,26%. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No Boletim Focus mais recente, pesquisa do Banco Central (BC) junto a cerca de cem instituições financeiras, a mediana das expectativas dos analistas consultados era de que o IPCA fechasse o mês passado com elevação de 0,25%.

"Com aumento de 3,40%, o gás de botijão, junto com empregado doméstico, cuja alta foi de 1,15%, foram os itens que mais contribuíram na formação do IPCA do mês, com 0,04 ponto percentual cada", destacou o instituto em nota em sua página eletrônica.

Com alta mais marcada, apareceram os grupos Habitação, que foi de 0,47% em agosto para 0,62% um mês depois, e Despesas Pessoais, que deixaram o 0,27% do oitavo mês deste ano para 0,52% em setembro. Em Transportes, houve uma mudança de direção - de queda de 0,11% em agosto para acréscimo de 0,27% no mês seguinte. Esse movimento foi associado aos preços dos automóveis novos e usados e das passagens aéreas, entre outros.

Para cálculo do índice do mês foram comparados os preços coletados no período de 29 de agosto a 28 de setembro com os preços vigentes no período de 29 de julho a 28 de agosto. O IPCA é calculado pelo IBGE desde 1980, se refere às famílias com rendimento de um a 40 salários mínimos e abrange nove regiões metropolitanas do país, além do município de Goiânia e de Brasília.

(Valor Online)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host