UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

09/10/2009 - 08h36

Maioria dos bancários de São Paulo encerra greve

SÃO PAULO - Após 15 dias de paralisação, os bancários do Banco do Brasil, da Nossa Caixa e dos bancos privados aprovaram, em assembleias realizadas no começo da noite de ontem, encerrar a greve e acatar a proposta salarial da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). Os funcionários da Caixa Econômica Federal votaram pela manutenção do movimento.

A proposta dos bancos prevê um reajuste de 6% (aumento real de 1,5%) e aumento na participação em lucros e resultados (PLR). "A greve dos bancos públicos e privados forçou os banqueiros a mudar a proposta. Foram obrigados a pagar o aumento real e mudar o formato da PLR, graças à garra dos trabalhadores", disse o presidente do sindicato, Luiz Cláudio Marcolino. (Agência Brasil)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host