UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

15/10/2009 - 10h48

Citigroup lucra US$ 101 milhões; perdas com crédito seguem elevadas

SÃO PAULO - O Citigroup lucrou US$ 101 milhões no terceiro trimestre, contra perda de US$ 2,815 bilhões registrados em mesmo período de 2008.

Por ação, o prejuízo ficou em US$ 0,27 devido a uma despesa relacionada com uma troca de ações preferenciais em mãos de investidores privados e do governo por ações ordinárias.


Para os detentores de ações ordinárias, o prejuízo foi de US$ 3,242 bilhões, maior do que o verificado em mesmo intervalo do calendário passado, de US$ 2,934 bilhões.

A receita total aumentou para US$ 20,390 bilhões, ante os US$ 16,258 bilhões entre julho e setembro do ano passado.

O banco avaliou que as perdas com crédito continuam elevadas, em US$ 8 bilhões, mas menos marcadas do que aquelas registradas no segundo trimestre, quando se situaram em US$ 8,4 bilhões.

No terceiro trimestre, as provisões totais para perdas com crédito, sinistros e benefícios ficaram em US$ 9,095 bilhões, quase no mesmo nível de um ano antes (US$ 9,067 bilhões).

"Foi um trimestre importante para nós. A conclusão das ofertas de troca de ações e as iniciativas tomadas nos últimos trimestres criaram uma fundação forte", avaliou o executivo-chefe do Citigroup, Vikram Pandit.
Ele notou que a tendência do crédito ao consumidor está melhorando nos mercados internacionais, mas disse que o ambiente de crédito ao consumidor no território americano permanece desafiador.

"Continuamos focados no lucro e crescimento sustentáveis, na restituição do Tarp (plano de socorro aos bancos americanos) e em ajudar a apoiar a recuperação econômica dos Estados Unidos", sustentou.

(Juliana Cardoso | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host