UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

15/10/2009 - 11h01

Bolsas da Europa mudam de direção e operam no campo negativo

SÃO PAULO - As bolsas de valores da Europa recuam nesta quinta-feira. O início do pregão foi marcado pelo otimismo, depois que o índice Dow Jones ultrapassou ontem a barreira psicológica dos 10 mil pontos.

No entanto, os investidores analisam os resultados corporativos, que geram cautela. Dentre os balanços que decepcionaram o mercado, o destaque da sessão vai para a Nokia, que reportou o primeiro prejuízo líquido desde quando a companhia começou a publicar balanços trimestrais, em 1996.

Os investidores receberam ainda a notícia de que a mineradora Xstrata abandonou o plano de fazer uma proposta pela concorrente Anglo American.

Dentre tantas notícias corporativas, os dados da inflação da zona do euro também influenciavam as negociações. Segundo o Eurostat, o índice anual de preços ao consumidor europeu recuou 0,3% em setembro. Em agosto, o indicador já tinha registrado queda de 0,2%.

Limitavam as perdas os resultados do americano Goldman Sachs, que registrou um lucro de US$ 3,2 bilhões no trimestre terminado em setembro, montante cerca de quatro vezes melhor do que o registrado no mesmo período do ano passado. O Citigroup também mostrou seus números.

Em Londres, o FTSE-100, há pouco, operava em queda de 0,56%, aos 5.226,75 pontos. O CAC-40, de Paris, recuava 0,22%, aos 3.873,98 pontos. O DAX, de Frankfurt, cedia 0,58%, aos 5.820,31 pontos. (Vanessa Dezem | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host