UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

15/10/2009 - 18h02

Bolsas de Nova York fecham em alta apesar de queda em bancos

SÃO PAULO - As bolsas de Nova York anularam as perdas verificadas ao longo do dia e conseguiram fechar em terreno positivo, mesmo com perdas do setor bancário. A valorização de ações do setor petroleiro acabou compensando a baixa de papéis do ramo financeiro, que foram afetados pelos balanços do Citigroup e do Goldman Sachs.

O Dow Jones fechou com alta de 0,47%, aos 10.062 pontos. O Standard & Poor´s 500 fechou aos 1.096 pontos, com valorização de 0,42%. O Nasdaq teve um fechamento mais modesto, com alta de apenas 0,05%, para 2.173 pontos.

A forte valorização do petróleo, que teve hoje o quinto dia de alta seguido e elevou o barril acima de US$ 77, justificou um forte ganho para as ações das empresas ligadas à produção do produto. Os papéis da Exxon Mobil subiram 1,53% (US$ 72,94) e os da Chevron ganharam 1,63% (US$ 79,69). As ações da Sunoco ganharam 10,10% (US$ 32,80) após melhora da recomendação do papel por parte do Morgan Stanley.

Esses ganhos conseguiram anular o efeito negativo gerado pelos resultados trimestrais do Citigroup e do Goldman Sachs. Este último apresentou receita de US$ 12,37 bilhões e lucro líquido de US$ 3,19 bilhões nos três meses terminados em 25 de setembro deste ano. Por ação, o lucro correspondeu a US$ 5,25. Muitos agentes esperavam ganho de US$ 6 por ação e isso justificou vendas e correção de papéis, que haviam subido muito após o bom balanço do JPMorgan Chase. As ações do Goldman Sachs fecharam em baixa de 1,90% (US$ 188,63) No caso do Citigroup, a baixa das ações foi de 5% (US$ 4,75). Por ação, o prejuízo ficou em US$ 0,27, mas os agentes ficaram mais preocupados com as perdas com crédito, que somaram US$ 8 bilhões.

O tom foi negativo também para algumas ações de telecomunicações após o resultado da Nokia. A fabricante de celulares anunciou hoje cedo um prejuízo de 559 milhões de euros (US$ 832 milhões) no terceiro trimestre. As ações da empresa negociadas em Wall Street caíram 11,11% (US$ 13,68) (Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host