UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

15/10/2009 - 20h18

EPE cadastra 81 usinas e 19.168 MW para leilão de energia nova

RIO - A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) cadastrou 81 usinas para o Leilão de Energia Nova A-5/2009, totalizando 19.168 megawatts de potência instalada. A licitação dos empreendimentos está prevista para acontecer em 17 de dezembro e o objetivo é o atendimento dos mercados consumidores a partir de 2014.

Do total da energia cadastrada, 15.015 MW são de 49 projetos de termelétricas a gás natural, enquanto quatro projetos oferecerão no leilão 1.690 MW a partir de carvão mineral nacional e três outros concorrerão com 1.014 MW a partir de carvão mineral importado.

Do lado das energias renováveis, foram cadastrados 12 projetos de Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs), para 201 MW de potência instalada, enquanto as sete propostas de hidrelétricas apresentam 905 MW instalados. Foram cadastradas ainda seis usinas baseadas no bagaço de cana como combustível, com 344 MW.

Em nota, o presidente da EPE, Mauricio Tolmasquim, considerou positivo o grande número de usinas interessadas no leilão, mas alertou para o fato de que, até o momento, nenhuma das hidrelétricas cadastradas obteve a licença ambiental prévia - pré-condição para que os empreendimentos possam ser licitados.

Segundo ele, há o risco de o país realizar um leilão de energia majoritariamente térmico, justamente durante o período em que ocorrerá a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, em Copenhague, na Dinamarca.

" A qualidade da energia que se contratará no leilão está agora nas mãos da área ambiental " , afirmou, em comunicado, o presidente da EPE. Entre os 12 Estados com empreendimentos cadastrados, o Espírito Santo é o que tem o maior número de projetos, com 20 usinas, que somam 5.575 MW.

(Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host