UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

15/10/2009 - 09h23

Vendas no varejo sobem 0,7% em agosto e acumulam alta de 4,7% no ano

SÃO PAULO - As vendas do comércio varejista nacional avançaram 0,7% em agosto, perante um mês antes, na série com ajuste sazonal. Com isso, registram uma trajetória de quatro meses de expansão. Em julho, o acréscimo verificado foi de 0,5%. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na comparação com agosto de 2008, houve elevação de 4,7% nas vendas varejistas, mesma taxa verificada no acumulado deste ano por ora. Em 12 meses, a alta apurada ficou em 5,4%.

Das dez atividades avaliadas pelo IBGE, cinco delas apresentaram ampliação entre julho e agosto, como Veículos e motos, partes e peças (2,5%), Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (1,4%), Material de construção (1,1%), Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (0,8%) e Móveis e eletrodomésticos (0,6%).

Na ponta oposta, apareceram, por exemplo, Outros artigos de uso pessoal e doméstico e Combustíveis e lubrificantes. Esses dois setores verificaram o mesmo percentual de recuo, de 0,7%.

Considerando o comparativo com agosto de 2008, o volume de vendas subiu em seis das oito atividades do varejo, sobressaindo o aumento de 8,5% em Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo e a elevação de 14,9% em Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria.

Sobre o crescimento verificado no segmento Hipermercados e supermercados, o IBGE explicou que ele está relacionado com o "aumento do poder de compra da população decorrente do crescimento da massa de rendimento real habitual dos ocupados (3% sobre agosto de 2008, segundo a PME) bem como com a estabilização dos preços do setor que evoluíram, no acumulado dos últimos 12 meses, em 1,8% no Grupo Alimentação no Domicilio, ficando abaixo da inflação global medida pelo IPCA (4,4%)".

O levantamento trouxe também que a receita nominal de vendas teve ampliação de 0,8% em agosto, seguindo alta de 0,5% em julho. Na comparação com o oitavo mês de 2008, o aumento foi de 8%. No acumulado do ano, o incremento situou-se em 9,6% e foi de 10,7% em 12 meses.

O comércio varejista ampliado, que inclui os segmentos de veículos, motos, partes e peças e de material de construção, registrou acréscimo de 3,3% nas vendas e de 2,1% na receita nominal em agosto, ante julho. Na relação anual, essas taxas foram positivas em 5,5% e 5,2%, respectivamente.

(Juliana Cardoso | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host