UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

03/11/2009 - 09h50

IPC-S fecha outubro com alta de apenas 0,01%

SÃO PAULO - O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) encerrou outubro com acréscimo de apenas 0,01%. Na terceira medição do período, o indicador tinha aumentado 0,04%. A Fundação Getulio Vargas (FGV) apontou que o resultado do mês passado foi o menor desde a quarta semana de setembro do ano passado, quando houve deflação de 0,09%.

Com elevação mais modesta, apareceram Habitação, que saiu de 0,59% na terceira leitura de outubro para terminar o mês com ampliação de 0,51%, e Vestuário, que foi de 0,72% para 0,29%. Nestes dois grupos, influenciaram, respectivamente, os itens gás de bujão e roupas.

Ficaram no terreno negativo os ramos Alimentação (-0,95%) e Despesas Diversas (-0,19%). No primeiro, o ritmo de queda abrandou ligeiramente já que, na terceira prévia de outubro, o recuo correspondeu a 0,99%. No segundo, houve uma inversão de direção tendo em vista que, na medição anterior, foi verificada expansão de 0,29%.

Refletindo o avanço nos preços dos artigos de higiene e cuidado pessoal, Saúde e cuidados pessoais subiram 0,23% no fim de outubro, seguindo acréscimo de 0,12%. Educação, leitura e recreação tiveram incremento de 0,11% e Transportes, de 0,75%. Na terceira apuração do mês de referência, essas classes de despesa avançaram 0,04% e 0,68%, nesta ordem.

(Juliana Cardoso | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host