UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

03/11/2009 - 12h25

Produção industrial decepciona e DIs recuam em bloco na BM & F

SÃO PAULO - O fraco desempenho da produção industrial em setembro frustrou as expectativas dos investidores, levando os contratos de Depósitos Interbancários (DIs) negociados na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM & F) a um ajuste de baixa, tanto entre os contratos curtos como no conjunto de vencimentos mais longos.

Há pouco, na BM & F, o contrato de DI com vencimento em janeiro de 2010 operava estável, a 8,65%. Julho de 2010 marcava 9,09%, com queda de 0,08 ponto percentual.

Na parte longa da curva, o contrato para janeiro de 2011 apontava recuo de 0,09 ponto percentual, a 10,25%. Janeiro de 2012 declinava 0,07 ponto, a 11,57%. O vencimento de janeiro 2013 perdia 0,01 ponto, a 12,30%.

Rodrigo Nassar, analista da Hencorp Commcor Corretora, acredita que a retração dos contratos de DI estão diretamente relacionados com a atividade indutrial divulgada hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que apontou avanço de 0,8% em setembro. Foi o nono mês consecutivo de alta, mas os agentes contavam com uma aumento de cerca de 1,7% no período.

Com uma expansão mais modesta do que a esperada, os analistas avaliam que diminui a possibilidade de uma pressão inflacionária que levasse a uma antecipação por parte do Banco Central (BC) de um aumento da taxa Selic.

Na passagem de agosto para o mês seguinte, 17 dos 27 ramos avaliados pelo IBGE verificaram expansão na atividade, sobressaindo máquinas e equipamentos (5,8%) e veículos automotores (3,5%).

(Bianca Ribeiro | Valor )

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host