UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

04/11/2009 - 14h48

Bolsa supera 2% de alta e dólar recua mais de 1%

SÃO PAULO - O mercado doméstico retoma a segunda etapa dos negócios acentuando o tom otimista observado pela manhã. No segmento acionário, a bolsa paulista supera os 2% de alta e o dólar recua mais de 1% em relação ao real. As trajetórias ganharam fôlego com o tom positivo observado também em Wall Street.

Instantes atrás, o dólar registrava queda de 1,14%, negociado a R$ 1,7230 para a compra e R$ 1,7250 para a venda, perto da mínima do dia, de R$ 1,7230. Na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), o Ibovespa ganhava 2,05%, para 63.931 pontos, com volume de R$ 3,6 bilhões.

Os agentes de mercado comentam que, após o ensaio de ajuste ontem, os investidores recuperaram as perspectivas positivas e esperam agora novidades em relação à política monetária nos Estados Unidos, onde a decisão sobre os juros será anunciada pelo Comitê de Mercado Aberto (FOMC, na sigla em inglês) logo mais, às 17h15, horário de Brasília.

Por enquanto, as bolsas americanas operam no azul. O Dow Jones registra alta de 1,24%, para 9.892 pontos. O Standard & Poor´s 500 avança 1,07%, para 1.056 pontos, e o Nasdaq aponta valorização de 0,85%, aos 2.074 pontos.

Voltando ao Ibovespa, as ações ON da JBS lideram as altas nesta sessão, com aumento de 6,93% (R$ 10,48); Cyrela ON sobe 5,96% (R$ 23,44) e Eletrobrás PNB tem aumento de 5,38% (R$ 23,50). Entre os papéis de maior peso, Petrobras PN ganha 1,12% (R$ 35,93); Vale PNA sobe 1,39% (R$ 41,53) e Itaú Unibanco tem valorização de 2,41% (R$ 36,11).

O Brasdesco, que apresentou queda em seu lucro do terceiro trimestre, está desde abertura em baixa e mostra agora recuo de 1,24% (R$ 34,38).

(Bianca Ribeiro | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host