UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

04/11/2009 - 09h34

Lucro da Bematech avança 122% no trimestre

CURITIBA - As cinco aquisições feitas pela Bematech em 2008 respondem hoje por 20% de sua operação. As receitas das empresas W2M, Misterchef, Snack Control, Logic Controls e CMNet somaram R$ 16,7 milhões no terceiro trimestre de 2009. No período, a companhia de automação comercial apresentou resultado de R$ 85,9 milhões, com crescimento de 0,7% na comparação com julho a setembro do ano passado. O lucro líquido aumentou 122%, para R$ 16,2 milhões, em parte por causa de reversão de provisão de R$ 3,5 milhões referente a Imposto de Renda e Contribuição Social.

Depois de frear as compras e avançar no processo de incorporação das empresas, novas aquisições estão previstas para 2010 na área de software. Há cinco negócios sendo analisados, no Brasil e no exterior. O presidente da Bematech, Marcel Malczewski, disse que os " sapatinhos de corrida " estão sendo colocados e que o processo de crescimento por meio de aquisições deve ser retomado " de forma mais intensa " no próximo ano. A Bematech vinha fazendo compras com o dinheiro do lançamento de ações, mas agora elas deverão ser feitas por meio de financiamentos. Malczewski contou que o BNDES, um dos acionistas da empresa, já foi consultado sobre o assunto. O banco aprovou recentemente a liberação de R$ 30 milhões para investimentos em pesquisa e desenvolvimento. A intenção é que o caixa de R$ 68 milhões seja preservado para capital de giro.

Sobre julho a setembro, Malczewski diz que foi " o trimestre da virada " . O vice-presidente financeiro, Luiz Fernando Nogueira, explicou que o resultado do período foi positivo levando-se em conta que, em 2008, o desempenho " foi um dos melhores " já registrados. A empresa obteve crescimento nos segmentos de software (36%) e de serviços (3%) e teve queda em hardware (-6%). Na comparação com o segundo trimestre, ela cresceu 8,5% em hardware, 5,4% em software e 2,2% em serviços. A empresa apresenta como fatores de risco a continuidade do baixo nível de investimentos do segmento varejista e o possível aumento da inadimplência. (Marli Lima | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host