UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

04/11/2009 - 13h49

Lula e empresários mostrarão em Londres vantagem de investir no Brasil

SÃO PAULO - O centro financeiro de Londres, na Inglaterra, a conhecida " City " , recebe nesta semana uma série de eventos voltados a mostrar aos investidores ingleses e europeus as oportunidades de negócios existentes hoje no Brasil.

Um seminário organizado pelos jornais " Financial Times " e Valor com o tema " Investing in Brazil " ( " Investindo no Brasil " ) reunirá, na quinta-feira, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ministros do governo, empresários e banqueiros brasileiros para discutir o cenário macroeconômico do país, principalmente a recuperação da atividade depois da crise financeira global, cujo estopim ocorreu há pouco mais de um ano. Na plateia, reunida no hotel The London Marriott Grosvenor Square, estarão cerca de 200 convidados, todos investidores da Europa.

Além do presidente Lula, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, e o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, discorrerão sobre os setores da economia com maior potencial de crescimento. Em um outro painel, Guido Mantega, ministro da Fazenda, contará como o sistema bancário brasileiro contornou a crise. Além disso, falará sobre quais políticas estão sendo adotadas no país para garantir um crescimento sustentável.

Para ampliar a discussão sobre as finanças do país também participam do seminário Henrique Meirelles, presidente do Banco Central, Aldemir Bendine, presidente do Banco do Brasil, e Luiz Carlos Trabuco Cappi, presidente do Bradesco. Emilio Botín, presidente mundial do Santander, falará do Brasil sob uma perspectiva mundial. O banco espanhol fez recentemente uma bilionária oferta de ações de sua subsidiária no mercado brasileiro para ampliar a oferta de crédito.

Empresários brasileiros e estrangeiros também contarão, sob a ótica do mundo dos negócios, quais são as perspectivas para a economia brasileira. Estarão presentes Roger Agnelli, presidente da Vale, Robert Wilson, presidente do conselho de administração do BG Group, e Gérard Mestrallet, presidente do conselho da GDF Suez.

" Será uma oportunidade para os investidores internacionais conhecerem de perto as opiniões do presidente Lula e de seu primeiro escalão. Por ter essa importância, o seminário tornou-se a referência de uma semana que se tornou brasileira na City de Londres " , diz Trabuco, que divulgará de Londres os resultados do banco na quarta-feira.

Depois do seminário, na quinta-feira, o presidente Lula receberá um prêmio concedido pelo instituto de relações internacionais Chatham House, por sua atuação direcionada à estabilidade e à integração da América Latina, principalmente no conflito do Haiti.

A semana verde e amarela não acaba por aí. Para aproveitar a presença dos investidores, na sexta-feira, a BM & FBovespa e o BNDES vão inaugurar escritórios em Londres. " Com vários eventos brasileiros acontecendo em Londres ao mesmo tempo, acreditamos que a inauguração do escritório vai reverberar mais " , avalia Paulo Oliveira, diretor da BM & FBovespa.

O encerramento se dará com a realização do " Bradesco Day " , um evento no qual o banco será apresentado em detalhes para os convidados.

Mais informações sobre o seminário em www.valoronline.com.br/seminarioFT (Carolina Mandl | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host