UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/11/2009 - 18h11

Álcool volta a subir e só leva vantagem sobre a gasolina em 10 Estados

RIO - O preço do álcool subiu 1,53%, em média, no país na última semana de outubro em comparação com a semana imediatamente anterior, enquanto a gasolina avançou 0,27% na mesma comparação. Assim, apenas em dez Estados os motoristas de carros flex fuel continuaram a se beneficiar dos preços do álcool ao abastecer os veículos.

Dados divulgados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) mostraram que em 16 unidades da Federação e no Distrito Federal os preços do etanol, entre 25 e 31 de outubro, cobrados nas bombas superaram o patamar de 70% do valor da gasolina.

O valor de 70% da gasolina é considerado o limite para que o preço do álcool permaneça vantajoso, uma vez que o rendimento do derivado de petróleo é superior ao do etanol.

Na média da última semana de outubro, o preço médio do álcool no país foi de R$ 1,654 por litro, 65,55% do valor de R$ 2,523 cobrado, em média, pela gasolina. Mas na abertura dos dados por Estado, apenas Alagoas, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rondônia, São Paulo e Tocantins apresentaram preços do álcool vantajosos em relação à gasolina.

O melhor custo benefício foi de São Paulo, maior produtor de etanol do país, onde o preço médio do álcool, de R$ 1,504, representava apenas 62,79% do valor de R$ 2,395 cobrado pela gasolina. A pior relação estava em Roraima, onde o preço médio do álcool foi de R$ 2,155, o equivalente a 79,99% dos R$ 2,694 cobrados pelo litro da gasolina.

(Rafael Rosas | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host