UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/11/2009 - 16h06

Bovespa e dólar sustentam pequenas variações de baixa nesta tarde

SÃO PAULO - O mercado acionário doméstico continua operando com volatilidade, perseguindo a dinâmica observada igualmente nas bolsas de Nova York. Após dados controversos sobre o mercado de trabalho americano, os investidores se mostram divididos entre embolsar ganhos acumulados ou dar continuidade ao mais recente rali.

Instantes atrás, o Ibovespa marcava queda de 0,26%, para 64.648 pontos, com giro financeiro de R$ 4 bilhões. O dólar comercial registrava baixa de 0,17%, cotado a R$ 1,717 para a compra e R$ 1,719 para a venda.

A bolsa chegou a cair mais de 1% pela manhã após a notícia de aumento da taxa de desemprego nos EUA para 10,2%, a maior em mais de 20 anos. Após a abertura Nova York, no entanto, o indicador foi colocado em perspectiva, tendo em conta que o número demissões em outubro, de 190 mil pessoas, registrou desaceleração em relação aos meses anteriores.

Com informações controversas, a bolsa em Nova York chegou a subir, mas sem firmeza, sendo acompanhada pelo Ibovespa, para oscilar em níveis próximos da estabilidade. Para Edson Marcelino, diretor da corretora Finabank, é necessária a correção antes de um novo impulso de alta do Ibovespa.

Já o dólar comercial reagiu muito pouco ao notíciário. Chegou a mostrar uma pequena variação de alta, mas por tempo limitado, sustentando uma ligeira baixa nesta tarde. Analistas do segmento acreditam que não há mais espaço para fortes variações da moeda, pelo menos enquanto não houver notícias ou decisões que afetem diretamente o câmbio.

O tradicional leilão de compra do Banco Central no mercado à vista, feito entre 12h40 e 12h50, com a taxa a R$ 1,7180, tampouco causou reações sobre a cotação da divisa.

(Bianca Ribeiro | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host