UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

09/11/2009 - 08h01

AXA Asia Pacific recusa oferta de US$ 10 bilhões

SÃO PAULO - A AXA Asia Pacific Holdings (AXA APH) rejeitou nesta segunda-feira uma proposta por seu controle feita por sua controladora francesa AXA e pela australiana AMP. Diretores independentes do conselho da AXA APH alegaram que a oferta, de 11 bilhões de dólares australianos (US$ 10,2 bilhões), subavalia a companhia.

"A AXA APH é um negócio forte, com perspectivas excepcionais", comentou o presidente da companhia do segmento de serviços financeiros, Rick Allert. O conselho da empresa acredita que, além de inadequada, a oferta não atende aos melhores interesses de seus acionistas minoritários.

Pela proposta submetida à AXA APH no fim de semana, a AMP iria adquirir toda a AXA Asia Pacific, incluindo a participação da AXA na unidade, por 11 bilhões de dólares australianos. A AXA compraria de volta as operações asiáticas, que incluem as atividades em Hong Kong, Indonésia, Tailândia e Filipinas, por US$ 7 bilhões. A AMP ficaria com os negócios na Austrália e Nova Zelândia.

(Juliana Cardoso | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host