UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

09/11/2009 - 12h19

G-20 aceita manter estímulo à economia até recuperação firmar-se

SÃO PAULO - Autoridades financeiras dos países ricos e em desenvolvimento, que se reuniram no fim de semana na Escócia, se comprometeram em manter as medidas emergenciais para suas economias até que a recuperação esteja garantida. Os ministros das Finanças do G-20 notaram uma melhoria das condições financeiras em nível internacional, mas que ainda existe um longo caminho pela frente.

Eles descreveram a recuperação como irregular e dependente das medidas de estímulo e disseram que o desemprego elevado é a maior preocupação. O secretário do Tesouro americano, Timothy Geithner, comentou o aumento da taxa de desemprego nos Estados Unidos, para 10,2%. Para ele, esse dado reforça que "ainda existe um ambiente econômico muito difícil".

Os ministros concordaram em cooperar e consultar quando e como eles vão retirar as iniciativas emergencias no momento em que o crescimento econômico tomar corpo.

(Juliana Cardoso | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host