UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

09/11/2009 - 14h38

Preço do petróleo tem alta de US$ 2; furacão e câmbio merecem atenção

SÃO PAULO - Os agentes nos mercados de petróleo se dividem entre a possível ameaça de furacões às instalações petrolíferas e a paridade do dólar em relação a outras moedas. Depois de ter feito mais de 100 vítimas fatais em El Salvador, o furacão Ida perdeu força em direção ao Golfo do México. Apesar de ter caído para o nível 1 na escala Saffir-Simpson, que vai até 5, o alerta de furacão foi mantido nas áreas costeiras dos Estados Unidos.

As empresas de petróleo que trabalham no Golfo vigiam o comportamento do Ida, mas ainda não retiraram seu pessoal das plataformas. Centros turísticos na península de Yucatán, como Cancún, também não foram esvaziados, mas o governo mexicano restringiu as viagens à região.

Em Nova York, o WTI para dezembro se situava em US$ 79,77, acréscimo de US$ 2,34. O contrato do primeiro mês de 2010 subia US$ 2,31, para US$ 80,40.

Em Londres, o Brent com entrega em dezembro tinha avanço de US$ 2,18, para US$ 78,05. O vencimento de janeiro de 2010 estava em US$ 78,83, com elevação de US$ 2,21.

(Juliana Cardoso | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host