UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

10/11/2009 - 17h41

Panamericano esclarece que atuais acionistas não serão diluídos

SÃO PAULO - O Banco Panamericano divulgou nesta tarde um esclarecimento, a pedido da BM&FBovespa, sobre o aporte de R$ 2,5 bilhões pelo grupo Silvio Santos, anunciado ontem à noite.

Segundo o banco, os recursos do aporte não serão usados para um futuro aumento de capital e, portanto, os atuais acionistas não sofrerão diluição em suas participações. O aporte está sendo feito na "conta do acionista controlador" e não irá gerar qualquer encargo para o banco.

Além disso, não haverá resgate futuro dos recursos, que estão sendo usados para recompor inconsistências contábeis. O Panamericano afirmou ainda que "está em tratativas com o Banco Central do Brasil em relação ao tratamento contábil que será dado a tal aporte".

A BM&FBovespa também pediu ao Panamericano para informar os principais pontos do Termo de Comparecimento firmados com o Banco Central que sejam de interesse do mercado. No entanto, o banco disse que o Termo "é um documento confidencial e suas condições não podem ser tornadas públicas". "É importante mencionar, entretanto, que as providências adotadas pelo acionista controlador estão em linha com as determinações do Banco Central do Brasil, expostas no referido Termo de Comparecimento", destacou o banco.

(Téo Takar | Valor)
Hospedagem: UOL Host