UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/11/2009 - 07h41

Apagão afetou Brasil e Paraguai; causa ainda é desconhecida

SÃO PAULO - A cidade de São Paulo ainda sente os efeitos da falta de energia, com alguns sinais de trânsito desligados. O apagão, que começou por volta das 22 horas de ontem, atingiu 9 Estados brasileiros - Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Goiás, Bahia e Espírito Santo, bem como São Paulo -, o Distrito Federal e o Paraguai. A eletricidade retornou gradualmente, no fim da noite e de madrugada, dependendo da localidade.

O rodízio municipal de veículos em São Paulo foi suspenso nesta manhã. Assim, veículos com placas com final 5 e 6 podem circular nas vias, mas a restrição plena continua válida para os caminhões.

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, explicou que um fenômeno atmosférico pode ter sido a causa mais provável do apagão, que um temporal tenha provocado o desligamento completo da Usina Hidrelétrica de Itaipu. A queda teria um efeito cascata em outras linhas do Sistema Integrado Nacional.

Para a Itaipu Binacional, o blecaute não teve origem na usina e a hipótese mais provável seria algum acidente que afetou um ou mais pontos do sistema de transmissão, inclusive o de Furnas, responsável por levar a energia de Itaipu para o Sul e Sudeste.

"Imediatamente após o blecaute, a usina de Itaipu estava com suas máquinas ligadas, girando no vazio, porém, sem possibilidade de transmitir energia, pois as linhas de transmissão que conectam Itaipu ao sistema brasileiro estavam desligadas", informou a hidrelétrica em nota.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro Lobão vão se reunir ainda hoje para avaliar o caso, conforme o jornal Bom Dia Brasil, da rede Globo.

(Juliana Cardoso | Valor, com Agência Brasil)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host