UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

12/11/2009 - 13h39

JBS reitera disposição em vender plantas na Argentina

SÃO PAULO - Com a escassez da disponibilidade de gado e restrições às exportações, a JBS reiterou nesta sexta-feira que está disposta a vender suas plantas localizadas na Argentina. "Se tiver algum player que se diga capaz de desenvolver uma das plantas, podemos vender, não tem problema", disse o presidente da companhia, Joesley Batista, durante entrevista para comertar os resultados da companhia referentes ao terceiro trimestre.

"Mesmo com as dificuldades estruturais encontradas naquele país, temos sido incansáveis na busca por soluções", manifestou a JBS, em seu balanço contábil, divulgado nesta manhã. No entanto, a companhia reconhece que a base de produção agropecuária da Argentina foi destruída e que levará anos para retornar aos níveis históricos. No fim de agosto, o grupo já havia considerado a hipótese de vender algumas unidades de produção no país vizinho.

Entre as medidas recentemente adotadas pela JBS na Argentina, estão o fechamento de três plantas e o encerramento das atividades de abate numa quarta unidade. Cerca de um terço dos funcionários, ou 1,5 mil, já foram desligados. Além disso, a companhia transferiu sua sede para a planta de Rosário, com o objetivo de reduzir custos administrativos.

(Ana Luísa Westphalen | Valor)
Hospedagem: UOL Host