UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

12/11/2009 - 13h39

DIs ajustam para baixo apesar de melhor desempenho do varejo

SÃO PAULO - Os contratos de juros futuros devolvem parte dos prêmios de risco acumulados ao longo da semana. O vice-presidente de tesouraria do Banco WestLB, Ures Folchini, comentou que os agentes resolveram embolsar os ganhos obtidos com as posições montadas recentemente após as coletas privadas de inflação mostrarem um arrefecimento no preço dos alimentos. Vale lembrar que a curva veio acumulando prêmio conforme crescia a preocupação com a inflação.

Com isso, explica Folchini, os dados sobre o desempenho do comércio varejista em setembro ficaram em segundo plano. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostrou que as vendas avançaram 0,4%, contrariando as previsões de leve baixa ou estabilidade.

A reação normal do mercado seria embutir mais prêmio na curva futura; afinal, a demanda cresce forte e pode gerar inflação. De acordo com o especialista, tal reação não acontece por dois motivos. Primeiro, a curva futura já está bem premiada, embutindo um ajuste de cerca de 200 pontos na Selic.

Segundo, esse crescimento do varejo não pressiona tanto a inflação, pois a demanda está sendo atendida via importações. O que reforça bem essa visão é o comportamento da indústria que está na mão contrária do comércio.

Por volta das 13h10, na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) com vencimento em janeiro de 2013 mostrava desvalorização de 0,04 ponto, a 11,93%. Janeiro de 2014 recuava 0,02 ponto, a 11,86%. E janeiro de 2015 caía 0,04 ponto, a 11,80%.

Entre os curtos, dezembro de 2010 registrava estabilidade, a 10,63%. E janeiro de 2011 apontava 10,66%, sem alteração. Março de 2011 ganhava 0,01 ponto, a 10,71%. Janeiro de 2012 recuava 0,07%, a 11,53%.

Também na agenda do dia, a Fundação Getúlio Vargas (FGV) mostrou que a primeira prévia para o Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) teve alta de 0,79%, pouco acima da marca de um mês antes, de 0,75%.

(Eduardo Campos | Valor)
Hospedagem: UOL Host