UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

12/11/2009 - 14h22

Índia voltará a importar açúcar no ano que vem

GENEBRA - A Índia, maior consumidor mundial de açúcar, deverá importar entre 2 e 3 milhões de toneladas da commodity no ano que vem por causa de queda na produção pelo terceiro ano consecutivo, prevê o banco londrino Barclays Capital.

A situação na Índia reforça a alta do preço do açúcar no mercado internacional. Este ano, os indianos tiveram que importar quase 6 milhões de toneladas. Para o ano fiscal 2010-2011, a expectativa é de produção de 19 a 20 milhões de toneladas, abaixo da demanda anual de 23 milhões de toneladas, obrigando o país a continuar importando.

Também há sinais para estimular o preço do café nas praças internacionais. As plantações da Colômbia têm sido afetadas pela praga "broca", que causa estragos na qualidade do produto e já afeta as exportações neste quarto trimestre. Os produtores colombianos baixaram a expectativa de produção este ano para 8,3 milhões de sacas de 60 quilos, ante 9,3 milhões de sacas no ano passado. E esperam se recuperar em 2010, pelo menos chegando a 11 milhões de sacas, mas o problema da praga continua sendo uma ameaça para todas as estimativas.

Quanto ao trigo, a produção na Austrália foi cortada. Recentes informações do Departamento de Agricultura dos EUA estimam por sua vez que o estoque do país será o maior em 10 anos. Na Argentina, a expectativa é de a área de soja atingir um recorde de 19 milhões de hectares. Os americanos preveem uma produção argentina de 53 milhões de toneladas no período 2009-2010, acima dos 32 milhões de 2008-2009.

O mercado de commodities na Europa concentrou as atenções também em projeções divulgadas hoje pela China. Sua produção de milho é estimada agora em 163 milhões de toneladas, 1,8% menor do que no ano passado. A produção de soja continua inalterada, de 14,5 milhões de toneladas, representando 6,7% a menos do que em 2008, o que significa que terá de continuar importando mais.

(Assis Moreira | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host