UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

12/11/2009 - 19h31

Riachuelo facilita pagamento em novembro e esquenta "guerra" de Natal

SÃO PAULO - As varejistas não esperaram dezembro para disputar os consumidores e já deflagraram a "guerra" de Natal. Enquanto algumas redes reduziram os preços, a Riachuelo decidiu oferecer aos clientes neste mês a possibilidade parcelar o pagamento em oito vezes sem juros, modalidade que não é comum entre as grandes cadeias de vestuário. Via de regra, as maiores varejistas do setor, como C & A, Renner, Marisa e mesmo a Riachuelo, não cobram juros apenas nos pagamentos em até cinco prestações. Nos planos em oito vezes, os clientes pagam encargos financeiros que não são nada baratos, de mais de 5% ao mês. Em teleconferência com analistas de investimentos, o presidente do Grupo Guararapes, o controlador da Riachuelo, Flávio Rocha, afirmou que a rede só pretende abrir mão neste mês da cobrança de juros nos parcelamentos em oito vezes. Em dezembro, a rede voltará a cobrar juros nesses planos, que se situam em 5,9% ao mês.

O objetivo da promoção é incentivar os clientes a antecipar as compras de Natal. Devido ao grande movimento sazonal em dezembro, as lojas não têm capacidade física para atender à toda demanda e sempre acabam perdendo uma parte vendas potenciais. Questionado por um analista sobre o motivo que o levou a abdicar da receita financeira com a cobrança de juros nos parcelamentos, Rocha respondeu que a captura de clientes e a elevação nas vendas " compensam" a redução na receita financeira.

(Claudia Facchini | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host