UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

13/11/2009 - 13h19

Bovespa e dólar têm mais um dia de altos e baixos

SÃO PAULO - O mercado doméstico volta a operar hoje com volatilidade, com altos e baixos tanto na Bolsa de Valores e São Paulo (Bovespa) quanto no segmento cambial. Depois do tombo de ontem no Ibovespa, o clima ainda é de incerteza e os agentes buscam orientação em Nova York.

A Bolsa subia 0,61% há pouco, aos 64.838 pontos, com giro financeiro de R$ 2,268 bilhões. O índice abriu em alta e já passou da mínima de 64.228 pontos à máxima de 65.065 pontos. O dólar comercial também está sem direção. Instantes atrás, registrava queda de 0,23%, a R$ 1,732 para a compra e R$ 1,734 para a venda.

Em Wall Street, o rumo passou para o campo negativo após os dados de confiança do consumidor americano em novembro ter apontado queda de 70,6 em outubro para 66 este mês. O Dow Jones sobe 0,24%, o S & P 500 opera estável e o Nasdaq sobe 0,05%. Os agentes ponderam ainda o déficit comercial de US$ 36,5 bilhões em setembro, contra o resultado negativo de US$ 30,8 bilhões de agosto.

Felipe Casotti, economista da área de renda variável da Máxima Asset Management acredita que, depois do forte ajuste de ontem no Ibovespa, o natural é que o índice volte a subir um pouco, mas essa direção só ficará mais clara após Wall Street também firmar um rumo. Também não estão descartadas novas operações técnicas voltadas para o vencimento de opções, na segunda-feira. No segmento cambial, os agentes afirmam que persiste um piso técnico de R$ 1,70 para a moeda, a partir do qual iniciam os temores de novas medidas para conter uma valorização excessiva da moeda brasileira. Ontem, essa foi a tônica dos negócios, mas nesta jornada a moeda mostra um pouco mais de estabilidade.

O Banco Central (BC) fez um novo leilão de compra às 12 horas, tendo acatado taxa de 1,7378, mas as variações da divisa continuaram modestas, perto da estabilidade.

(Bianca Ribeiro | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host